Menções legais

O presente site é editado pela sociedade autobiz sa, inscrita na conservatória do registo comercial de nanterre sob o número 440 238 772 (nipc: fr24 44023877200030), cuja sede social se encontra 15/19 quai gallieni, 92150 suresnes frança, contactável através do email seguinte: contact-portugal@autobiz.com.

o presente site é alojado pela sociedade ovh, com sede social em:
2 rue kellermann, 59100 roubaix frança (telefone: +33 972 10 10 07)

o diretor da publicação é o sr. stéphane gilabert

o presente site é declarado na cnil (comissão nacional da informática e das liberdades) com o número 1338175.

a consulta das informações do site implica a aceitação das nossas condições de utilização, que podem ser objeto de atualizações. é recomendado que consulte regularmente estas condições.


Condições gerais de utilização do site autobiz

Artigo 1.º - Definições

Comprador: designa o profissional que faz parte da rede autobiz tal como se encontra definido abaixo.

autobiz: designa o nome comercial da sociedade autobiz SA. Nas presentes Condições Gerais de Utilização, autobiz designa a sociedade autobiz SA.

Particular: designa qualquer pessoa singular, maior de idade, que dispõe da capacidade jurídica para contratar e que não exerce qualquer tipo de atividade profissional ligada à venta ou à reparação de veículos.

Profissional: designa qualquer pessoa singular ou coletiva que exerce qualquer atividade comercial no setor automóvel. Nas presentes Condições Gerais de Utilização, o profissional designa um membro da rede autobiz.

Rede autobiz: indique todos os profissionais do setor automóvel, que assinaram uma parceria com a sociedade autobiz SA.

Serviço: designa os serviços propostos pelo site autobiz, tais como se encontram apresentados no artigo 4.º das presentes Condições Gerais de Utilização.

autobiz SA: designa a S.A. com capital de 296 000 €, cuja a sede social se encontra 15-19 quai Gallieni, 92150 Suresnes, França, inscrita na Conservatória do Registo Comercial de Nanterre com o número 440 238 772, NIPC FR2444023877200030, representada pelo Sr. Christophe LOUVARD.

Site: designa a página internet editada pela sociedade autobiz SA e acessível através do website seguinte: https//www.autobiz.fr

Utilizador: designa qualquer pessoa singular, maior de idade, que dispõe da capacidade jurídica para contratar e que utiliza o site, tal como està definido no presente artigo.

Veículo: designa o veículo de ocasião, propriedade do utilizador durante ao menos 6 meses e para o qual este último deseja obter no site uma estimativa do seu valor.

Vendedor: designa o particular, pessoa singular ou moral, maior de idade, que dispõe da capacidade jurídica para contratar, proprietário do veículo.

VRADE: "valor de substituição pericial", o VRADE designa o valor de substituição de um veículo. autobiz calcula o valor de substituição que permite ao utilizador de conhecer o valor do seu veículo e compará-lo com aquele que é fornecido pelo perito. O valor de mercado fornecido por autobiz poderá ser ajustado em função do estado real do veículo.

Artigo 2.º - Aceitação e alteração das condições gerais de utilização

Ao aceder e ao consultar o site, os utilizadores aceitaram estar subordinados à integralidade do disposto das presentes Condições Gerais de Utilização. Por conseguinte, estas últimas são-lhes integralmente oponíveis. As presentes Condições Gerais de Utilização são expressamente aceites pelo utilizador quando, através da interface do site, este assinala a casa que se encontra ao lado da seguinte menção: "Aceito as condições gerais do site", manifestando, por conseguinte, o seu consentimento.

autobiz reserva-se o direito, a qualquer momento, de alterar as Condições Gerais de Utilização. Em caso de alteração, será feita referência às Condições Gerais de Utilização em vigor no dia da visita do Site. Os utilizadores são igualmente convidados a consultar regularmente as Condições Gerais de Utilização, para que sejam informados das alterações ou das evoluções que foram introduzidas.

Artigo 3.º - Funcionalidades do site

3.1 Serviço de estimativa do veículo ("cotação autobiz")

autobiz fornece uma estimativa do preço de venda ou de compra do veículo. O vendedor e o comprador são livres de aceitar ou de recusar este valor estimativo. Em nenhum caso, a autobiz é ela mesmo compradora ou vendedora de veículos.

3.2 Serviço intermediário

O site propõe igualmente um dispositivo de estabelecimento de contactos com o objetivo de facilitar a venda de veículos de particulares a profissionais. Este serviço limita-se a um estabelecimento de contactos entre utilizadores particulares e a rede autobiz.

autobiz SA rejeita qualquer responsabilidade em caso de desacordo entre o comprador e o vendedor. A sociedade autobiz SA não poderá nomeadamente ser, em nenhum caso, responsabilizada pela eventual perda, que resulta de um contrato de venda celebrado através dela entre o vendedor do veículo e o comprador.

3.3 Serviço de avaliação do veículo (VRADE)

O site propõe um serviço de avaliação do veículo quando este último sofreu um sinistro (acidente importante ou roubo). autobiz calcula precisamente o valor de substituição pericial do seu veículo (VRADE) e entrega-lhe um certificado que inclui o valor do seu carro, o método estatístico aplicado para o cálculo do valor, dos valores de controlo e modelos de correspondências para entregar ao seguro se desejar contestar.

Artigo 4.º - Funcionamento dos serviços

4.1 Serviço de avaliação do valor do veículo

4.1.1 Informações necessárias

Para obter uma estimativa do valor do veículo, o utilizador deve fornecer informações completas, precisas e detalhadas relativas a este, tais como o seu estado ou a sua quilometragem. Estas informações permitem à autobiz de fornecer um valor estimativo do preço (de venda ou de compra), em euros, obtido segundo o disposto definido a seguir (4.1.2).

Para obter um valor estimativo do veículo, o utilizador deverá igualmente fornecer informações sobre a sua identidade e os meios para o contactar, nos questionários previstos para este efeito. O utilizador deverá igualmente fornecer o seu código postal para que a autobiz o ponha em contacto com o profissional que se encontra mais próximo da sua residência.

Qualquer erro, voluntário ou involuntário, nas informações transmitidas online pelo vendedor resultará numa avaliação errada, que não poderá ser utilizada pelo vendedor e comprador do veículo. Se um erro humano ou informático produzir um valor estimativo errado fornecido por autobiz, o site compromete-se a informar o utilizador, o mais rapidamente possível, após a deteção do erro. A autobiz não poderá ser, em nenhum caso, responsabilizada por um valor estimativo errado decorrente de um erro humano ou informático.

4.1.2 Obtenção do valor estimativo

O valor estimativo proposto por autobiz toma em consideração as informações fornecidas online pelo vendedor. O valor proposto é calculado a partir de observações de vendas para veículos idênticos ou similares, nomeadamente nas vendas em leilão. O valor estimativo é facultado para um veículo vendido por um particular a um profissional, em estado e sem recurso, contra pagamento em dinheiro. O valor estimativo é fornecido de forma geralmente inferior ao preço que um vendedor poderia obter ao vender o seu veículo a um particular e isto considerando os custos de reparação, venda, garantia e margem do profissional. Os valores estimativos são indicados em euros, com IVA incluído.

4.1.3 Transmissão do valor estimativo ao utilizador

O valor estimativo será transmitido ao utilizador por correio eletrónico, o mais rapidamente possível, de segunda-feira ao sábado, das 9 horas às 18 horas. Este valor estimativo continua a ser válido por um prazo de 15 dias após o seu envio por correio eletrónico.

4.2 Serviço intermediário

Se o utilizador aceitar o valor estimativo fornecido e desejar vender o seu veículo, autobiz compromete-se a indicar-lhe o profissional que se encontra mais próximo da sua residência, e suscetível de lho comprar. Estes profissionais comprometem-se a comprar o veículo, segundo as condições e os prazos descritos nas presentes condições gerais.

4.2.1 Validade do valor estimativo

Se o utilizador desejar vender o seu veículo a um dos membros da rede autobiz de acordo com o valor estimativo fornecido online, deverá apresentar o seu veículo com o seu certificado de Matrícula em seu nome, assim como todos os documentos solicitados a um dos membros da rede autobiz num prazo fixado de 15 dias, a partir do envio do valor estimativo por correio eletrónico. Passando este prazo, um novo valor estimativo do veículo será então necessário. Poderá ser realizado pelo profissional duranto a inspeção do veículo. Uma diferença significativa de um dos elementos descritivos do veículo (versão, quilometragem, cor, opções, etc.) entre o momento da introdução online dos dados e a apresentação do veículo a um profissional, no âmbito de uma inspeção física, anulará automaticamente o valor estimativo processado online, sendo então necessário realizar uma nova estimativa. Em termos de quilometragem, qualquer diferença de mais de 100 quilómetros entre a descrição do veículo online e a sua quilometragem real no momento da inspeção do veículo constitui uma diferença significativa na acepção deste artigo

4.2.2 Inspeção física do veículo

Se o utilizador aceitar o valor estimativo que lhe foi fornecido por autobiz, poderá ir ter com um dos membros da rede autobiz, no âmbito de uma inspeção física gratuita do veículo. Esta inspeção destina-se a verificar se o veículo está totalmente conforme às informações fornecidas pelo utilizador online.

Durante esta inspeção, o vendedor aceitará que o seu veículo seja submetido a diversos testes, nomeadamente a uma verificação da pintura, do óleo do motor, a um test drive, à análise do histórico de manutenção, documentado pelo livrete de manutenção e pelas faturas correspondentes, assim como a uma verificação da matrícula nas bases de dados dos construtores, do Ministério do Interior ou das das companhias de seguros.

4.2.3 Oferta do comprador

Após esta inspeção física do veículo, o valor estimativo fornecido ao vendedor, por autobiz, poderá ser retificado pelo comprador, seja crescente, seja descrescente.

Muitos casos darão origem a uma revisão do valor estimativo, nomeadamente quando o veículo não está exatamente conforme ao descritivo introduzido online.

Apenas a oferta do comprador, após a inspeção do veículo, constitui uma proposta firme e definitiva.

4.2.4 Aceitação da proposta e obrigações de entrega do vendedor

A aceitação da proposta do comprador materializa-se pela assinatura de um contrato de venda. O vendedor é inteiramente livre de aceitar ou recusar a venda do seu veículo até à assinatura deste contrato.

A aceitação da proposta obriga o vendedor a entregar o seu veículo ao comprador no estado verificado no momento da inspeção e num prazo máximo de 24 horas trabalhadas. O comprador aceitará - salvo autorização expressa - um excesso de 50 quilómetros máximo no conta-quilómetros.

O veículo deverá ser entregue pelo vendedor no ponto de venda do comprador, sendo as despesas sendo da sua inteira responsabilidade. Salvo acordo escrito, o comprador não poderá, em nenhum caso, tomar posse do veículo num lugar diferente daquele de o seu ponto de entrega.
No momento da entrega do veículo, o vendedor deverá entregar o conjunto dos elementos de documentação do veículo, tais como o certificado de matrícula, o livrete e as faturas de manutenção, a eventual garantia do veículo, o manual de utilização do veículo e do seu equipamento eletrónico, os dois jogos de chaves do veículo, os códigos de segurança dos equipamentos eletrónicos ou ainda, se aplicável, o disco de atualização do GPS. O pagamento do veículo, pelo comprador ao vendedor, se realizará por cheque não endossável ou por transferência bancária em nome do proprietário do veículo exclusivamente, contra entrega do certificado de matrícula, do ato de venda do veículo e do contrato de retoma. De acordo com o vendedor, os profissionais podem alterar as condições de pagamentos.

4.2.5 Direito do comprador

Além da inspeção física, o comprador poderá, a seu exclusivo critério, e por sua conta, e se o julgar necessário, realizar um teste mecânico exaustivo do veículo num prazo máximo de 48 horas trabalhadas a partir da entrega do veículo ao comprador. No caso em que este teste vier a detetar substanciais defeitos não verificados durante a inspeção geral do veículo, o comprador poderá solicitar a anulação da venda. Para além deste prazo de 48 horas trabalhadas, o comprador será considerado como tendo comprado o veículo "em estado" e com pleno conhecimento de causa e sem recurso contra o vendedor particular, dentro dos limites legais.

4.2.6 Crédito automóvel

A venda de um veículo objeto de um financiamento é possível. Neste caso, todos os documentos relativos ao financiamento em dívida sobre o veículo, aquando da sua inspeção, devem ser transmitidos ao comprador profissional. Este último poderá prestar apoio ao vendedor no que diz respeito às formalidades administrativas junto do seu organismo de financiamento. No caso em que o montante do crédito for superior ao montante da retoma, o vendedor ficará devedor da quantia resultante entre o preço de retoma e o montante devido sobre o veículo. Deverá regularizar esta quantia ao comprador através de um cheque bancário visado. No caso em que o montante da retoma for superior ao montante do crédito a liquidar, o comprador prestará apoio ao vendedor no que diz respeito às formalidades administrativas para a anulação da penhora junto do seu organismo de financiamento. Estas formalidades podem levar 10 a 15 dias, e, por vezes, mais.

4.3 Serviço de valorização do veículo (VRADE)

4.3.1. Informações necessárias

Para obter uma estimativa do valor do veículo sinistrado, o utilizador deve fornecer informações completas, precisas e detalhadas relativas a este, tais como o seu estado e a sua quilometragem. O utilizador deverá, além disso, indicar a data do sinistro e a matrícula do seu veículo. Estas informações permitem ao autobiz de fornecer uma estimativa do valor do veículo na data do sinistro.

Para obter um valor estimativo do veículo, o utilizador deverá fornecer, além disso, informações sobre a sua identidade e os meios para o contactar, nos questionários previstos para este efeito.

Qualquer erro, voluntário ou involuntário, nas informações transmitidas online pelo utilizador dará origem a uma estimativa errada. Se um erro humano ou informático produzir um valor estimativo errado fornecido por autobiz, o site compromete-se a informar o utilizador, o mais rapidamente possível, após a deteção do erro. autobiz não poderá, em nenhum caso, ser responsável por um valor estimativo errado decorrente de um erro humano ou informático.

4.3.2 Cálculo do valor do veículo

A estimativa é calculada em conformidade com os métodos praticados pelos peritos, e aplicados pela jurisprudência desde 1975. É estabelecida na data do sinistro e baseia-se sobre a observação dos preços antes da negociação de veículos equivalentes e disponíveis no mercado automóvel francês.

De acordo com as práticas dos peritos no setor automóvel, o valor de substituição que lhe damos poderá ser ajustado. De facto, no momento do teste efetuado do seu veículo sinistrado, o perito registará as mais-valias ou as menos-valias associadas ao estado do veículo antes do sinistro, ou seja, terá em atenção uma manutenção irrepreensível, mas igualmente eventuais degradações detetadas sobre o veículo.

4.3.3 Transmissão do valor do veículo ao utilizador

O valor estimativo será transmitido ao utilizador por correio eletrónico, o mais rapidamente possível, de segunda-feira ao sábado, das 9 horas às 18 horas.

Artigo 5.º - Inquérito de satisfação/opinião dos Utilizadores

autobiz reserva a possibilidade aos Particulares de apresentar e deixar uma opinião sobre os serviços autobiz apresentados no Site.

5.1 Condições de publicação das opiniões

Para publicar uma opinião, o utilizador deverá ter estado presente na marcação efetuada através da autobiz num dos Profissionais parceiros.

A opinião deve apenas dizer respeito ao ponto de venda onde o Utilizador se deslocou. Qualquer opinião relativa a um outro ponto de venda será eliminada.

5.2 Moderação dos avisos

Cada opinião é sujeita a uma moderação humana posteriormente. O utilizador pode solicitar a moderação de uma opinião que já se encontra publicada através do email seguinte s.gilabert@autobiz.com, especificando os motivos do seu pedido de moderação.

As opiniões e os comentários são publicados no Site num prazo de 48 horas trabalhadas, do mais recente ao mais antigo e são anónimos.

O utilizador, que publicou uma opinião, pode solicitar posteriormente a eliminação desta opinião através do email seguinte: s.gilabert@autobiz.com. As opiniões são publicadas durante 3 anos, a partir da sua publicação. As opiniões, que dizem respeito a serviços cancelados, são eliminados.

As opiniões recebidas devem estar totalmente em conformidade com o disposto do artigo 6.º abaixo. Qualquer elemento introduzido online, que não esteja em conformidade com o disposto e do qual a autobiz venha a ter conhecimento, poderá ser total ou parcialmente eliminado sem qualquer pré-aviso. Esta eliminação não será objeto de qualquer compensação financeira e será definitiva.

O utilizador compromete-se a que as informações transmitidas na sua opinião sejam sinceras, credíveis e verificáveis. autobiz não remunera, em nenhum caso, os Utilizadores para emitir um aviso. autobiz, na sua qualidade de moderador, não pode garantir a veracidade, a probidade ou a honestidade das opiniões, que podem, se aplicável, implicar a responsabilidade civil ou penal do seu autor.

Artigo 6.º - Obrigações dos utilizadores do site

O utilizador proíbe qualquer ato suscetível de alterar ou perturbar, seja de que forma for, o funcionamento normal do site. As palavras-passe ou a identificação pessoal de acesso não podem ser partilhadas com terceiros e podem ser revogadas à única apreciação de autobiz, a qualquer momento, e sem pré-aviso.

De igual modo, o utilizador está estritamente proibido de utilizar, de forma incorreta, os dados pessoais presentes no site.

Os dados, serviços ou produtos impressos propostos no site devem ser exclusivamente utilizados para fins pessoais e unicamente em conformidade com as presentes condições gerais de utilização. Não devem estar sujeitas a um uso comercial, nem sistematicamente salvaguardadas, nem ser objeto de uma "teia de aranha" ou de uma análise, nem revendidas, distribuídas, publicadas, integradas nas propostas online ou offline, nem utilizadas de uma outra forma, exceto para um uso privado ou pessoal. O utilizador compromete-se a não utilizar as informações do site de outra forma que aquela que é permitida pelas presentes Condições Gerais de Utilização.

O utilizador não está autorizado a introduzir um link entre o site e um outro site Internet, exceto com o acordo expresso e prévio de autobiz. autobiz não será, em nenhum caso, responsável pelas consequências dos acessos efetuados através de um link direcionado para outra página Internet, se este link tiver sido colocado sem o seu acordo.

De forma geral, e sem que esta lista possa ser considerada como sendo exaustiva, os Utilizadores não estão autorizados, sob pena de exclusão, a:

  • colocar online ou tornar disponível, através de qualquer pessoa e de qualquer meio, qualquer conteúdo ilegal, prejudicial, nocivo, ameaçador, abusivo, difamatório, ofensivo, odioso, com incitação ao ódio racial, à violência, que viole a vida privada de outrem ou a dignidade humana ou de outra forma punível, tanto à luz da lei francesa como da lei estatal, cujo Utilizador seria cidadão ou residente;
  • colocar online ou tornar disponível, através de qualquer pessoa e de qualquer meio, qualquer conteúdo que o Utilizador não tenha direito de divulgar, de acordo com as leis e os regulamentos;
  • colocar online ou tornar disponível, através de qualquer pessoa e de qualquer meio, qualquer conteúdo que viole qualquer direito de propriedade intelectual ou qualquer outro direito de propriedade que pertença a outrem;
  • colocar online ou tornar disponível, através de qualquer pessoa e de qualquer meio, mensagens promocionais ou publicitárias.

Artigo 7.º - Propriedade intelectual

O site constitui uma base de dados produzida por autobiz. O site assim como cada um dos elementos que o constituem, nomeadamente, mas de forma não exaustiva, as imagens, os textos, as ilustrações, os documentos, os programas, as bases de dados e todos os outros elementos colocados online por autobiz são, sob reserva de menções especiais, a propriedade exclusiva de autobiz. O utilizador não se encontra autorizado a explora-los, sem a autorização expressa e prévia de autobiz.

Para este efeito e em conformidade com as disposições legais e regulamentares de qualquer país, o utilizador não pode representar, reproduzir, alterar, nem de forma mais geral, explorar as normas gráficas, os conteúdos ou os programas do site, sem a autorização expressa e prévia de autobiz.

O utilizador está nomeadamente proibido de extrair informações pessoais através dos meios automáticos e sobretudo:

  • de extrair uma parte substancial do conteúdo da base: "extração, por transferência permanente ou temporária, da totalidade ou de uma parte qualitativa ou quantitativamente substancial do conteúdo de uma base de dados" (artigo L.342-1.º do Código de Propriedade Intelectual francês).
  • de reutilizar através da disponibilização do público da totalidade ou de uma parte substancial do conteúdo da base, independentemente da sua forma.
  • de extrair ou de reutilizar, de forma repetida e sistemática, as partes não substanciais do conteúdo da base de dados quando estas operações excedem manifestamente as condições de utilização normal da base de dados.
Em conformidade com o artigo L 343-3.º do Código de Propriedade Intelectual francês, o desrespeito destas disposições é punido com três anos de prisão e 300 000 euros de multa.

Artigo 8.º - Proteção dos dados pessoais

O site autobiz foi declarado na Comissão nacional da informática e das liberdades francesa (CNIL), nos termos do artigo 22.º da lei francesa nº78-17 de 6 de janeiro de 1978 relativa à informática, aos ficheiros e às liberdades.

Em conformidade com artigo 32.º da referida lei, os utilizadores são informados quando a autobiz efetua um tratamento automatizado dos dados pessoais que lhes dizem respeito, nomeadamente aquando da sua conexão, utilização do site, e, em sentido lato, no âmbito dos formulários disponíveis no site e preenchidos por eles. As informações solicitadas no âmbito destes formulários são necessárias para a gestão dos pedidos dos utilizadores. A ausência de resposta num campo obrigatório acarreta a impossibilidade por parte da autobiz de tratar dos pedidos.

Ao solicitar um pedido de valor estimativo do seu veículo no site autobiz, o utilizador aceita que os seus dados pessoais sejam utilizados pela autobiz e pelos seus parceiros. O utilizador aceita nomeadamente ser contactado de novo para obter o valor estimativo solicitado ou ainda ser-lhe propostos outros serviços por autobiz, tais como estabelecer contacto com um profissional. A Autobiz não publica qualquer informação pessoal sobre os utilizadores a não ser aquelas que foram voluntariamente fornecidas pelo utilizador e necessárias para a constituição de um dossier. A Autobiz pode fornecer estatísticas consolidadas relativas aos seus utilizadores e à utilização do seu site. No entanto, estas estatísticas não incluirão qualquer dado pessoal. A Autobiz poderá enviar aos utilizadores propostas comerciais dos seus parceiros.

Nos termos do artigo 38.º da lei francesa de 6 de janeiro de 1978, os utilizadores dispõem de um direito de acesso, de alteração, de retificação e de eliminação dos dados pessoais que lhes dizem respeito. O utilizador pode exercer este direito, por correio enviado à autobiz 5-19 quai Gallieni, 92150 Suresnes, França, por fax ou ainda por correio eletrónico para a morada contact@autobiz.fr.

Artigo 9.º - Exclusões, limitações e responsabilidades

a autobiz não envia o valor estimativo dos veículos matriculados fora da França metropolitana, importados ou tendo sofrido alterações tais como um tuning. Além disso, o pedido de estimativa do valor de veículos com mais de 10 anos não poderá ser tratado.br/>
Para o serviço de estabelecimento de contacto/cotação, os veículos suscetíveis de serem retomados por um membro da rede autobiz são apenas aqueles que pertencem a um particular. Por outro lado, a retoma é limitada a um máximo de 3 veículos num prazo de seis meses pelos membros de um mesmo agregado familiar.

autobiz é acessível à distância através de Internet, com a ajuda de um navegador, diariamente sem interrupção, exceto em casos de força maior, avaria, manutenção, atualização ou causa técnica impedindo momentaneamente a conexão. A autobiz não pode ser responsável pela indisponibilidade dos meios de telecomunicação e de acesso à rede Internet, assim como dos tempos de resposta ligados à utilização da rede Internet.

O utilizador assume qualquer responsabilidade e qualquer risco decorrente do acesso e da utilização do site.

A autobiz não poderá nomeadamente incorrer em responsabilidade nos casos seguintes:

  • Dificuldades de funcionamento ou interrupção dos seus serviços independentemente da vontade de autobiz
  • Interrupções momentâneas dos serviços ou do site necessárias para a sua evolução, manutenção ou atualização
  • Erros ou defeitos da rede Internet na transmissão de dados, mensagens ou documentos.
A autobiz, as suas filiais, e as suas sociedades parceiras não serão, em nenhum caso, responsáveis pela perda ou qualquer dano direto ou indireto, especial ou consecutivo, por qualquer custo, crédito, despesas ou outra pretensão no âmbito de qualquer compensação, quer sejam causados por atos, omissões ou pela negligência de autobiz, dos seus empregados ou agentes, resultantes da utilização do site ou da informação, do conteúdo, das matérias ou dos produtos incluídos no site.

Artigo 10.º - Lei aplicável e jurisdição competente

As presentes Condições gerais de utilização estão subordinadas à lei francesa. Em caso de litígio ligado à interpretação, à validade ou às consequências das presentes Condições Gerais de Utilização, e na falta de solução amigável prévia, os tribunais de Nanterre serão os únicos competentes.